/ Firewall

Marco Civil e Firewall: qual a relação entre eles na segurança da rede?

Será que é possível encontrar alguma relação entre o Marco Civil e Firewall? Podemos garantir que é possível sim. Aliás, esse é um dos ótimos exemplos de como a tecnologia pode ajudar os negócios a se adequarem à lei.

Para quem não sabe, o Marco Civil da internet é uma lei que foi sancionada em 2014 e está relacionada à privacidade dos dados dos usuários da internet, combatendo o uso indevido de informações particulares das pessoas.

Entre as suas principais exigências, destaca-se a proibição do uso e o fornecimento desses dados para fins que o usuário não consentiu. Além disso, o Marco Civil proíbe que as operadoras de internet façam distinção de velocidade entre diferentes sites.

Já o Firewall é uma das principais práticas de segurança para proteger os dados de uma empresa. Afinal, ele ajuda a limitar o acesso às entradas e saídas de um ou mais computadores, impedindo o acesso de qualquer invasor.

Na prática, somente os usuários autorizados poderão ter permissão para realizar determinadas ações em um computador, além de controlar o envio de informações particulares para a internet por meio de pacotes de dados.

Para que seja possível entender melhor a relação entre esses 2 itens na segurança de rede, preparamos este conteúdo exclusivo para você. Acompanhe!

Quais são as consequências do Marco Civil para as empresas?

O Marco Civil causou e ainda vem causando impacto na operação de muitas empresas. No entanto, é preciso ter ciência de que o seu impacto não necessariamente é o mesmo para todas, e que tudo depende da atividade exercida pelo negócio.

As empresas que dependem muito do uso de informações de navegação do usuário serão mais impactadas quando comparadas às que não dependem tanto assim deles.

Para ficar mais claro, vamos falar um pouco mais sobre essas consequências com base em alguns pilares importantes do Marco Civil:

Política de Privacidade e Termos de Uso

Com o Marco Civil, tornou-se obrigatório que dentro da Política de Privacidade do site seja apresentado o que será feito com os dados do usuário, ou seja, quando um visitante acessa o site da empresa, ele deverá estar ciente de qual será o destino de todas as informações fornecidas.

Portanto, as empresas deverão mostrar em seus Termos de Uso o que será feito com os dados do usuário e deverão obter a autorização deles para realizar as suas ações. Reforçamos que isso é obrigatório, principalmente para as empresas que trabalham intensamente com os dados dos seus usuários.

Compromisso na utilização dos dados

Dessa maneira, fica estabelecido que os dados serão somente utilizados para os fins que motivam a sua captura, conforme listado nos Termos de Uso ou na Política de Privacidade — nada mais do que isso.

Junto a isso, saiba que todos os usuários têm o direito de solicitar a exclusão dos seus dados do banco de dados da empresa quando o relacionamento terminar de alguma forma, independentemente do motivo.

Isso faz com que as empresas comecem a se preocupar ainda mais com a segurança dos dados que armazenam, a fim de evitar qualquer vazamento de informações que estão em seu banco de dados.

Compartilhamento de dados

A lei também proíbe o compartilhamento dos dados e das informações dos usuários com terceiros. Se por algum motivo isso precisar ser feito, a ação deverá ser previamente autorizada pelo usuário.

Isso quer dizer que os negócios que utilizam esse ativo para fortalecer parcerias, por exemplo, precisam tomar esse cuidado para que nenhum problema seja ocasionado no futuro.

Dados de navegação

Muitas empresas utilizam alguns mecanismos para rastrear o tráfego dos visitantes do seu site, principalmente os cookies. Na prática, isso significa que é possível saber por onde o usuário navegou na web.

A fim de barrar o uso indevido desse recurso — principalmente quando ele não é do conhecimento do visitante —, o Marco Civil obriga que as empresas apresentem essa informação nos seus Termos de Uso e na Política de Privacidade.

Dessa forma, os usuários saberão em quais sites os seus dados de navegação estão sendo utilizados.
Ebook_Marco-Civil

Qual é o papel do Firewall nas empresas?

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o Marco Civil e o seu impacto nas empresas e na vida dos usuários da internet, vamos falar um pouco mais sobre como o Firewall poderá ajudar na adaptação perante essa lei.

Percebe-se que é preciso se preocupar cada vez mais com a questão da segurança e do vazamento dos dados dos usuários que se relacionam com o seu negócio via internet. Então, saiba que essa ferramenta pode ser uma excelente aliada nesse desafio.

O Firewall oferece recursos que atuam diretamente na prevenção e no combate de possíveis invasões do banco de dados da empresa e evita o vazamento de dados. Na prática, ele ajuda a controlar todas as informações que saem.

Saiba que esse tipo de recurso também fornece mais tranquilidade para o negócio, no sentido de estar ciente do cumprimento das normas do Marco Civil — além de proteger os dados dos seus clientes, que é algo muito valioso.

Como implantar uma solução Firewall na empresa?

Para finalizar, vamos ajudá-lo a entender de forma prática como implementar uma solução Firewall na sua empresa. Preparamos um passo a passo rápido para que você possa fazer isso com eficiência:

  1. pesquise pelas soluções disponíveis no mercado;
  2. escolha uma empresa que tenha uma boa reputação para realizar esse trabalho;
  3. entenda se será preciso implantar um Firewall de hardware, de software ou ambos;
  4. avalie qual dos tipos de Firewall é melhor de acordo com as suas necessidades, e se é preciso contar com uma solução para análise de pacote de dados ou uma solução proxy;
  5. configure as regras de funcionamento do Firewall;
  6. defina quais serão as regras de navegação, bem como os perfis de acesso para os usuários da empresa.

Você também pode acessar um passo a passo mais detalhado neste post.

Ebook_Firewall

Esperamos que você tenha entendido o quanto o Marco Civil e Firewall podem caminhar juntos na proteção do seu negócio, principalmente para preservar os dados dos seus usuários.

Quer saber como podemos ajudá-lo neste desafio? Então, converse com um de nossos especialistas!