A motivação pode até ser um assunto bastante conhecido entre os gestores, mas ainda assim há muito que aprender. Isso porque, ela deve ser trabalhada constantemente, sendo um processo que pede dedicação e comprometimento.

Logo, como um processo, a motivação sofre influências das mudanças do mercado, das tecnologias e, principalmente, do comportamento social. Por isso, é preciso estar atento ao rumo da sociedade quanto aos seus maiores anseios, desejos e medos, assim como às possibilidades de inovar com criatividade e pontualidade.

Uma crise financeira, por exemplo, afeta diretamente esse campo. Como motivar uma equipe nesse momento? E como você se posiciona quanto ao uso de outros dispositivos no horário de trabalho, por exemplo?

Você sabia que a forma como você encara o assunto está totalmente ligada à motivação pessoal? Separamos algumas dicas para você saber como agir:

Na crise

É muito comum que os líderes tenham medo de se abrir em momentos de crise, mas a transparência e comunicação são os melhores remédios para o gestor e para sua equipe.

É muito importante esclarecer a situação da empresa para todos, mostrando os desafios da organização e mostrando-se aberto para soluções e ideias criativas.

Ao comunicar, vale a pena apenas se atentar à forma como a mensagem será passada. De maneira nenhuma seja catastrófico, apenas seja sincero. É isso o que desperta respeito e admiração da equipe, além de demonstrar cuidado e também respeito às perspectivas profissionais de cada um.

Na entrada de novas tecnologias

O movimento digital ganha cada vez mais força, em qualquer dispositivo e lugar. Assim, as empresas notam o desafio crescente em lidar com essa questão de forma saudável.

Aqui, a comunicação vale mais uma vez como principal artifício para tornar a situação positiva. A dica é ter políticas claras de comportamento na empresa, mas sempre dando espaço ao colaborador.

O ideal é orientar e não proibir e, em conjunto, fortalecer os valores da empresa focando em resultados.

Quando o colaborador está comprometido com os ideais da empresa, conhece os seus objetivos e metas, dificilmente ele vai deixar que o uso do smartphone, por exemplo, atrapalhe suas atividades.

Ao contrário, as novas tecnologias podem ajudar na comunicação direta e até em momentos de descontração, necessários para qualquer um.

A questão aqui é simples: quando existe real parceria entre o líder e seus liderados, qualquer obstáculo torna-se secundário.

No dia a dia

Não é preciso muita pesquisa para notar que há um movimento maciço voltado para a qualidade de vida. Logo, ganha quem notar antecipadamente e se adequar às necessidades humanas.

Os seus colaboradores conseguem equilibrar vida pessoal e profissional? Conseguem se alimentar de forma saudável no trabalho? Têm abertura para resolver assuntos pessoais, como ir médico ou ao banco?

Parece básico, mas é preciso parar para pensar nisso e criar alternativas para uma rotina mais leve, física e mentalmente, no horário de trabalho.

São essas alternativas que complementam outras ações mais comuns, mas nem por isso são menos importantes, como convênios com determinados estabelecimentos, academias, assistência médica e outras iniciativas.

A motivação

Falamos dela e em como incentivar esse processo em uma organização, mas não podemos finalizar sem dizer que é ela que impulsiona o sucesso de uma empresa.

A motivação não é um adorno, é uma necessidade humana relacionada ao desenvolvimento e realização do potencial de cada indivíduo. Deve fazer parte de qualquer time que busca resultadas. Deve ser trabalhada e retrabalhada. Deve ser insistida, sempre.

Boa comunicação, envolvimento, autonomia, bônus, benefícios, mudanças que priorizam a qualidade de vida, foco em indicadores que realmente importam e outros fatores fazem parte de uma vida melhor profissionalmente e de uma empresa melhor posicionada no mercado.

Não deixe esse assunto de lado, retome, planeje, observe e faça pesquisas para implementar mudanças que refletem diretamente na qualidade do ambiente de trabalho e nas entregas de objetivos.

Compartilhe com a gente mais ações de como motivar uma equipe!