Uma comunicação eficiente exige muito mais do que atender bem um cliente em potencial ou vender os melhores produtos e serviços.

Sua equipe de vendas deve ser treinada para repassar a ideia de que a aplicação da solução comercializada será um grande diferencial para o sucesso do negócio destes clientes.

Nesse contexto, uma comunicação eficiente é quando seus colaboradores conseguem garantir clareza, objetividade e, é claro, encantamento suficiente para levar não apenas à venda, mas a uma relação duradoura e lucrativa com o cliente.

Confira agora 3 regras para sua equipe de vendas conquistar uma comunicação eficiente com seus clientes em potencial!

Defina processos de vendas

A primeira regra para que uma equipe de vendas tenha uma comunicação eficiente é, além de ter conhecimento sobre aquilo que se vende, desenvolver habilidades para passar de forma clara, objetiva e atraente as informações sobre os produtos ou serviços comercializados.

Contudo, quando não existem processos bem definidos, guiados por um roteiro de apresentação padrão, é possível que os resultados não sejam tão positivos.

Por isso, é preciso selecionar as melhores práticas da equipe – considere aqueles vendedores que batem suas metas com frequência como parâmetro – e documente-as em um processo a ser seguido, com scripts para abordagem nas diversas situações-problema encontradas.

Isso não significa que eles utilizarão as mesmas palavras definidas no roteiro, mas servirá como auxílio e padrão de boas práticas. Isso contribui, inclusive, para questionamentos atípicos, em que muitos vendedores podem “se perder” na hora da argumentação e, assim, até mesmo deixar de concretizar a venda.

A estruturação do processo de vendas pode mudar completamente a forma como seus vendedores enxergam o mercado e os clientes. Aprenda 9 Passos para estruturar seu processo de vendas.

Escute o que seus potenciais clientes têm a dizer

É comum aos vendedores, na ânsia por concretizar uma venda, não dar muito ouvidos ao cliente e querer empurrar um produto ou serviço a todo custo, sem entender qual a** real necessidade** dele. Grande equívoco!

Escutar o cliente contribui para que você ganhe a sua confiança e estabeleça um relacionamento, gerando diálogos de negociação mais fáceis. Além disso, ao entender a real necessidade desse potencial contato, você estará munido de informações favoráveis para concretizar a venda.

Afinal, utilizar os “problemas” desse cliente transformando-os em argumentos de negociação, demonstrando como o seu produto ou serviço o ajudaria a resolver as falhas é a melhor maneira de convencê-lo que a sua empresa é a opção ideal para o negócio dele.

Prefira a comunicação via contato telefônico

O trabalho de fazer com que seu vendedor passe a mensagem correta a um potencial cliente é, certamente, mais fácil do que por outros canais. Isso porque, por exemplo, ao optar por e-mail, chat e outras ferramentas de contato por escrito, esta informação pode ser interpretada equivocadamente.

Já a forma presencial, teria um custo de aquisição alto para a sua empresa. Por isso, a melhor forma de assegurar a compreensão das partes em uma negociação é, ainda, o bom e velho telefone.

Se isso gerou um alerta de custos para a sua empresa, não se preocupe. Existe hoje no mercado opções alternativas de telefonia, como a tecnologia VOIP, que permite que estes contatos sejam realizados com a mesma qualidade de uma ligação convencional, porém mais barato – uma boa dica para colocar os custos com telefonia dentro do orçamento!

E a sua equipe de vendas, já aplica estas regras para garantir uma comunicação eficiente e transformar potenciais contatos em clientes?