Quando falamos de alta disponibilidade, estamos tratando precisamente da produtividade de uma empresa. Pois, a alta disponibilidade visa manter os servidores em funcionamento pleno, evitando longos períodos de inatividade, o que, por sua vez, pode ocasionar perda de produtividade e rentabilidade nos negócios.

À medida que pensamos no contexto das empresas, por vezes, focamos na tecnologia, nos recursos e ferramentas, na segurança dos dados e informações, aspectos que são verdadeiramente importantes, e que necessitam ser considerados, mas não de maneira isolada.

O bom desempenho de uma empresa envolve uma série pontos trabalhando de maneira integrada, e a alta disponibilidade é um desses pontos. Ela entra como uma chave para manter a produtividade e desempenho a todo vapor.

Neste cenário empresarial existem conceitos fundamentais, quando se pensa em gestão e bom funcionamento do mesmo, tais como: organização, estratégias e metas, responsabilidade, visão, dentre muitos outros.

Entre eles está a disponibilidade, que é crucial na prestação dos serviços de qualquer empresa. Uma empresa precisa estar com seus serviços disponíveis de uma maneira contínua para atender bem seus clientes, ter uma boa produtividade e, consequentemente, colher bons resultados.

Pensando nisso, e caminhando para finalizar nossa série sobre ferramentas de segurança da informação e recursos que aumentam a boa produção da sua empresa, preparamos esse artigo sobre alta disponibilidade.

Nele iremos te explicar o que é alta disponibilidade, como ela funciona e os benefícios.

Ficou curioso(a) para descobrir?

Então vamos começar!

O que é Alta Disponibilidade

Para compreender a alta disponibilidade, existe a seguinte definição na área da tecnologia da informação (TI): A disponibilidade pode ser medida em relação à “100% operacional” ou “nunca falhando. Ou seja, um padrão de disponibilidade amplamente utilizado para sistemas é conhecido como “disponibilidade de cinco 9s” (99,999 por cento).

Dessa forma, a alta disponibilidade trata-se de um sistema, componente ou ambiente tecnológico que está continuamente operacional.

Visto que um sistema, ou uma rede, constitui-se em muitas partes, e que todas as partes geralmente precisam estar presentes para que o todo seja operacional, um bom planejamento de alta disponibilidade requer recursos como:

  • Backups,
  • Processamento de failover,
  • Armazenamento de dados e acesso,
  • Redundância,
  • Monitoramento

Resumidamente, estamos falando do período de tempo em que um serviço está disponível, bem como o tempo requerido por um sistema para responder aos comandos dos usuários. Portanto, podemos abreviar a alta disponibilidade como sendo a qualidade de um sistema, ou componente, que assegura um alto nível de desempenho operacional por um grande período de tempo.

Ela é, basicamente, um conjunto de sistemas, ou processos, que permitem que os serviços de tecnologia de uma empresa fiquem disponíveis o máximo de tempo possível, enquanto ocorrem reparos e/ou manutenção. Desta maneira, não se perde tempo e a produção não é prejudicada.

Além disso, é importante reforçar que o conceito de alta disponibilidade propõe sustentar a continuidade do serviço em caso de falha, sem perda de dados e, muitas vezes, sem nenhuma percepção por parte do usuário de que ocorreu uma falha.

Como Funciona

A alta disponibilidade é parte do projeto que a equipe de TI desenvolve para uma empresa, visando eliminar pontos únicos de falha na infraestrutura de TI. E, o que é um único ponto de falha? É um componente tecnológico que pode causar o erro no serviço, se estiver indisponível.

E, é exatamente nesse ponto que entra a redundância. Ela é uma das premissas para o bom funcionamento de uma aplicação. Dentro de um cenário de alta disponibilidade, cada camada da infra deve estar pronta para a redundância.

De modo que, em um cenário hipotético de uma infraestrutura constituída por dois servidores web idênticos e redundantes, atrás de um balanceador de carga, terá o tráfego proveniente de clientes igualmente distribuído entre os servidores da web, mas, caso um deles falhe, o balanceador de carga irá redirecionar todo o tráfego para o servidores online disponíveis.

Temos um artigo aqui em nosso blog: Balanceamento de Links: Tudo que você precisa saber! onde explicamos de forma mais detalhada como esse processo funciona.

Além da redundância, outra ferramenta essencial dentro do cenário de alta disponibilidade é o monitoramento, que pode ser feito dentro da estrutura da empresa, ou de maneira remota. Ele tem como função detectar as falhas e agir quando um dos componentes da sua pilha se torna indisponível.

O recurso de detecção e recuperação de falhas para sistemas redundantes podem ser implementados utilizando uma abordagem de cima para baixo: a camada em cima torna-se responsável por monitorar a camada imediatamente abaixo das falhas.
Esses dois mecanismos são parte do funcionamento da disponibilidade.

Outras tecnologias também fazem parte da alta disponibilidade, que engloba vários recursos, como apresentamos em sua definição, e outros também, como o armazenamento em nuvem.

Benefícios e considerações

Via de regra, qualquer empresa, que tem informações em sistemas digitalizados, pode e deve fazer uso da alta disponibilidade, ajudando na prevenção para possíveis falhas.

A alta disponibilidade pode ser uma ótima solução para os negócios que dependem totalmente de servidores e sistemas, sendo uma boa opção para não perder negócios e transações importantes.

Para isso, o departamento de TI pode realizar uma avaliação criteriosa das vantagens que a alta disponibilidade pode trazer para o negócio de maneira específica.

Alguns benefícios básicos:

  • Ter poucas interrupções com duração mínima;
  • Proteção de dados que reduzem drasticamente, ou extinguem, a perda de informações;
  • Aumento da produtividade dos funcionários, pois, raramente terão que interromper suas funções;
  • Redução de custos, visto que o sistema funcionará em tempo quase integral.

Como um dos grandes benefícios da alta disponibilidade é garantir o acesso contínuo, e o desempenho operacional dos serviços, veremos que ela é de grande importância para várias empresas de diversos segmentos.

Isso porque, de uma maneira geral, a maioria das empresas tem uma grande dependência em relação a sistemas digitalizados.

E, também, porque todas as informações de uma empresa ficam armazenadas em servidores, que são acessados pelas diversas interfaces que a empresa tem disponíveis.Mediante esse benefício, e as necessidades, podemos concluir que, ficar inacessível significa perca de tempo e de produção.

Assim, além do aumento na produtividade da empresa, a alta disponibilidade também tem o benefício de interferir, positivamente, nos resultados financeiros finais de uma empresa, promovendo economia e diminuição de dores de cabeça com questões como inacessibilidade.

Conclusão

Como conversamos aqui, a alta disponibilidade é um conceito que visa melhorar os resultados e desempenho no cenário empresarial, pois, visa manter uma continuidade e acessibilidade nos serviços prestados pela empresa, na diminuição das falhas, através do aumento na performance do que é entregue para o cliente final.

Por ser um recurso que utiliza uma série de combinações de tecnologias, é necessário ser analisado e pensado juntamente com a equipe ou o profissional responsável pela TI da sua empresa. Existem empresas especialistas em serviços gerenciados de TI, que podem realizar um diagnóstico preciso, identificando os pontos mais sensíveis, que devem ser considerados, num projeto de alta disponibilidade.

O nosso objetivo aqui na Starti, ao entregar conteúdos como esse, é te levar a conhecer as possibilidades e tecnologias disponíveis, bem como ajudar a você e sua empresa a trilharem um caminho mais seguro e responsável nos negócios, cuidando da segurança das informações e do desempenho da empresa.

Temos muitos outros conteúdos exclusivos para te ajudar nessa jornada, confira alguns:

Transformação Digital para pequenas e médias empresas: por onde começar

Firewall UTM: Gerenciando ameaças e cuidando das suas informações!

Pentest: Testando vulnerabilidades e assegurando informações.