/ Firewall

4 dicas para escolher o melhor firewall do mercado

Certamente, uma das maiores preocupações dentro das organizações, quando estas contam com grande aporte de recursos tecnológicos, é a proteção de dados e de acessos.

Felizmente, o Brasil parece ter avançado muito na área nos últimos anos. De acordo com um estudo realizado pela Dell SonicWall, apenas 13% das empresas com até 300 funcionários não utilizam um firewall.

Os investimentos em segurança, como um todo, também aumentaram em 2014, o que tem demonstrado uma nova conscientização do empresariado brasileiro.

No entanto, embora os investimentos tenham aumentado e cada vez mais empresas contem com a proteção de um firewall, os ataques ainda ocorrem com frequência.

Para se ter uma ideia, as empresas tiveram um aumento de 25,1% de incidências de ataques virtuais, entre os anos de 2012 e 2013. Não adianta investir na área e procurar por proteção se as ferramentas escolhidas para a defesa interna não conseguem acompanhar todas as inovações na área.

Pensando nisso, resolvemos fazer esse post com 4 dicas para que a sua empresa escolha o melhor firewall do mercado. Confira!

Identifique as suas necessidades

O primeiro passo para fazer sua escolha é avaliar a sua infraestrutura interna.

Afinal, a proteção se dará por perímetro ou para determinada parte da rede? Quantos usuários têm acessos simultâneos? Quais são as informações disponíveis ou privadas? Utilizo dispositivos móveis para ter acesso aos meus dados?

Todas essas informações são importantes para delimitar qual será a abrangência de cobertura necessária e escolher qual dos fornecedores oferecem esse tipo de suporte.

Interface do firewall

Essa é uma escolha que pode ser feita junto a um profissional ou consultor de TI. É fundamental avaliar se a interface ou o sistema operacional do firewall usa uma linguagem facilmente assimilável ou se possui compatibilidade total com os softwares já utilizados pela empresa.

Caso contrário, os problemas mais comuns são as dificuldades de configuração ou, ainda, a impossibilidade de conseguir uma cobertura completa, de acordo com o que é oferecido pela ferramenta.

Procure firewalls corporativos

Pode parecer uma dica simples, mas muitas empresas ainda cometem o erro de utilizar firewalls caseiros em suas redes corporativas.

É evidente que as necessidades, em ambos os casos, são diferentes, por isso procure por firewalls especializados em atender as grandes demandas das empresas.

Existem aqueles que conseguem identificar, inclusive, quais são as maiores ameaças para as organizações, estabelecendo formas específicas para protegê-las.

Consulte especialistas e o público

Um firewall, seja ele em software ou em hardware, pode prometer milagres no combate aos ataques. No entanto, ainda é necessário verificar a opinião de usuários em fóruns ou de especialistas na área.

Isso porque, além dos casos de incompatibilidade interna, pode ser que determinado produto esteja desatualizado, o que certamente não será uma boa escolha. Leia as especificações de cada produto, mas também procure outras fontes para se informar apropriadamente.

Você já observa todos os pontos sugeridos na hora de escolher o seu firewall? Não perca mais tempo e garanta já a proteção dos seus dados!

E se você ainda não adota algumas medidas de segurança de rede na sua empresa, recomendo a leitura desse artigo que contém 7 formas de aumentar a segurança de rede da sua empresa.

Acompanhe o nosso blog para saber mais novidades!