/ gestão de TI

Os 7 pecados capitais da produtividade em TI

Na última década, a tecnologia da informação sofreu uma grande revolução. Se antes tínhamos um setor focado em equipamentos e softwares, atualmente vemos uma preocupação muito maior com a eficiência da gestão.

Com isso, fomos capazes de perceber que o correto gerenciamento de recursos materiais e humanos pode trazer muito mais produtividade em TI do que imaginávamos.

Sabemos que sempre existe espaço para evoluir nesse sentido. Por isso, resolvemos fazer este post sobre os 7 pecados capitais da produtividade em TI, confira:

1. Falhar em desenvolver uma visão tecnológica

produtividade em TI

A maioria dos empresários entende a importância de criar um plano de negócios, mas poucos gastam seus recursos para criar um plano de tecnologia.

Como resultado, eles pulam de sistema em sistema de informação sem ter um entendimento claro dos verdadeiros benefícios da tecnologia.

A falta de estratégia causa frustração, impacta sua eficiência e aumenta seus custos. Os especialistas dizem que cada mudança de sistema de informação costuma acrescentar até 30% aos custos de um projeto.

Uma visão estratégica permite que você evolua de uma abordagem reativa para uma proativa, resultando em economia de custos e maior produtividade.

2. Escolher um software que não condiz com as suas necessidades

produtividade em TI

Um dos erros mais comuns da produtividade em TI é a escolha inadequada de software. Todas as empresas trabalham muito para oferecer softwares completos e, por isso, você poderá ficar perdido no momento de escolher.

O ideal é fazer uma escolha consciente levando em conta quais são as principais necessidades da sua empresa.

Tendemos a escolher as tecnologias mais recentes e impressionantes, mas elas podem não oferecer aquilo que sua empresa precisa.

A compra dos sistemas mais recentes resulta muitas vezes em uma capacidade não utilizada. Por isso, lembre-se: a tecnologia pode tornar-se ultrapassada rapidamente.

Para isso, faça uma lista do que você quer para seu negócio. Acredite: um bom fornecedor servirá como um consultor para ajudá-lo a fazer as melhores escolhas.

3. Ferramentas sem integração

produtividade em TI

Em um mundo de dados integrados, mapear a combinação certa de ferramentas é essencial. Embora muitas tecnologias sejam compatíveis entre si, pode ser problemático assumir que todas elas conversarão uma com a outra com facilidade, sem antes empreender uma pesquisa minuciosa.

O ideal é pensar em estratégias que incluam ferramentas integradas, assim você também diminui o risco de gerar problemas de rendimento em sua equipe, que surgem pela falta de motivação. Quando compramos produtos avulsos, há o risco de perdermos eficiência.

Por isso, procure um fornecedor de confiança e busque compreender quais são as limitações de integração de sua ferramenta. Assim, você será capaz de tomar a escolha certa.

4. Não estabelecer um orçamento prévio

produtividade em TI

Como gestor de uma empresa, o primeiro passo que você deverá tomar para otimizar a produtividade em TI é estabelecer um orçamento. Afinal, em tecnologia, soluções incompletas não tem muita utilidade. Então, é preciso garantir que a infraestrutura imaginada por você saia do papel.

Lembre-se que um bom sistema de gestão não é necessariamente um software caro, mas aquele que satisfaça as necessidades reais da sua empresa.

5. Falta de suporte e treinamento

produtividade em TI

Investir em tecnologia é um ótimo negócio, mas se ninguém na sua empresa sabe como usá-la, então seu investimento vai para o ralo. Por isso, certifique-se de incluir o treinamento necessário e suporte quando você construir sua infraestrutura de TI.

Verifique com o fornecedor para ver se eles fornecem treinamento gratuito e assistência permanente antes de comprar. Além disso, o uso da tecnologia não é passivo.

Seus colaboradores não vão simplesmente usar as ferramentas conforme a indicação do desenvolvedor da aplicação.

Eles são capazes de trazer novas ideias e explorar as ferramentas de uma forma única e impensada pelo fornecedor do software. Por isso, é essencial investir no melhor treinamento possível.

Desse modo, eles poderão adaptar perfeitamente a solução com a cultura empresarial do seu negócio.

6. Não discutir as soluções com a sua equipe

produtividade em TI

Antes de fazer um investimento em TI, discuta com os funcionários que realmente usarão os sistemas no dia a dia.

Descubra quais são seus pensamentos e preocupações a fim de torná-los uma parte do processo. Uma gestão autoritária pode causar consequências diretas na produtividade de sua equipe.

Seu funcionário deve participar ativamente do processo, pois ao tomar uma decisão sem consultar sua equipe, você certamente sofrerá com a falta de produtividade.

A tecnologia deve sempre se moldar à sua cultura empresarial, e não o contrário.

7. Não investir em soluções de comunicação interna

20_Abril_Imagens_7. Não investir em soluções de comunicação interna (1)

Não é novidade que a comunicação interna está na lista das maiores interferências na produtividade de equipes. Uma das grandes vantagens que a tecnologia trouxe para o mundo corporativo foi o incremento da comunicação.

Hoje em dia, é possível transmitir mensagens da forma mais objetiva instantaneamente. Desse modo, fomos capazes de obter um salto tremendo na produtividade da nossa vida privada.

No entanto, soluções externas como Facebook e WhatsApp não são muito produtivas uma vez que desviam os funcionários de sua função.

Infelizmente, ainda não conseguimos usar essas mídias para o trabalho e acabamos nos focando em conversas sociais e visualizações de páginas desnecessárias.

Uma boa aplicação para a gestão empresarial deve solucionar também a comunicação interna de sua equipe, contribuindo decisivamente para a produtividade.

Todas essas ações, em conjunto, poderão trazer muito mais produtividade para o seu setor de tecnologia da informação. Afinal, mais do que ter uma infraestrutura incrível e de ponta, é preciso trazer resultados reais para a empresa.

Ou seja, o TI deve trazer corte de custos, otimização dos processos, aumento das vendas e também incremento nos lucros.

Toda a gestão deve ser estratégica! Portanto, é essencial eliminar os 7 pecados capitais da produtividade em TI. Eles são responsáveis por grande parte da ineficiência do setor.

Felizmente, a solução não está longe e todas as sugestões do nosso post podem ser aplicadas rapidamente na sua empresa.

Então, ficou ainda alguma dúvida ou você tem alguma sugestão? Não deixe de comentar aqui no post! Nossa equipe está ansiosa para conversar com você a respeito das melhores soluções de tecnologia disponíveis no mercado!

cabecalho_e-mail--3--1